sábado, 23 de julho de 2011 14 comentários

Comer, Rezar, Amar - Elizabeth Gilbert


Você com certeza já leu, ouviu ou viu pelo menos alguma coisa a respeito desta obra, que não por acaso conquistou o mundo e ganhou espaço nas telonas. O livro é um pouco longo, alguns momentos são cansativos mas mesmo assim eu posso dizer que convivi muito bem com a Lis pelos dias em que passamos "juntas".
Comer, Rezar e amar nos traz a história da própria autora que sai pelo mundo numa busca por si mesma e pelos prazeres que a vida pode lhe oferecer. Seu destino de viagem está nos 3 "I's" de Itália, Índia e Indonésia.
Na Itália ela descobre os prazeres da boca: pratos deliciosos e um idioma no qual ela sempre foi apaixonada. Ganhar alguns quilos a mais não foi problema, já que comer era o grande prazer do local.
Meses depois ela parte rumo a Índia, onde é hora de rezar e conhecer os limites de seu corpo, a fim de superá-los por meio da meditação e yoga. É lá que ela passa a se conhecer melhor não apenas espiritualmente como fisicamente, testando os limites do próprio corpo.
E por fim... Indonésia. Ainda há muita meditação, muito saber religioso, mas como o próprio título diz, é lá que ela faz as pazes com o amor. É lá que ela vira a página de uma fase ruim de sua vida e abre as portas para dias melhores.
Apesar de não ser fã do estilo literário, eu gostei bastante do livro. Acho que todos nós passamos por algum momento parecido, onde a própria companhia é o grande remédio para nossas almas machucadas. É claro que o dinheiro e a possibilidade de viajar tanto ajuda bastante, mas ainda acredito que possamos fazer isso numa dimensão menor. 
Não é um livro para passar o tempo, nem vai cair bem em qualquer fase da vida, creio eu. Mas para mim valeu a pena!

Ficha Técnica:
COMER, REZAR, AMAR
GILBERT, Elizabeth
Editora Objetiva
2008, 1ª Edição
342 páginas.

Minha Avaliação Pessoal:
Achei cansativo em alguns momentos, mas mesmo assim não conseguia parar de ler. Curti a história. Destaco a grande bagagem cultural que ele traz. Muito interessante!
4 corações. 
♥♥♥♥

domingo, 3 de julho de 2011 13 comentários

Um Amor de Detetive - Sarah Mason


Conheçam Holly Colshannon, uma jornalista desastrada que escreve sobre a morte de animais de estimação. Como é de se esperar, ela não está nada satisfeita com sua posição e suas matérias e sonha escrever sobre algo mais interessante, até que a oportunidade chega.
O responsável pelas matérias criminalistas deixa o jornal e é a vez de Holly entrar em ação. Só que essa não é uma área de muito glamour e também não tem o desempenho esperado por todos, e está nas mãos de Holly mudar essa situação. Como? Colando no detetive e fazendo uma espécie de diário contando todo o dia a dia de uma equipe investigativa. E como nem tudo são flores...
Para começar James Sabine, o detetive encarregado de ajudar Holly não tem uma boa relação com jornalistas e detesta a ideia de " cuidar" de uma jornalista tão desastrada como Holly e eles tem uma grande missão: descobrir o ladrão por trás de uma série de roubos sistematizados em residencias da cidade. 
Para completar o quadro, Holly se vê apaixonada pelo detetive Sabine que irá se casar dentro de algumas semanas. Como isso tudo vai acabar? Só mesmo conferindo para saber.
Eu confesso que não me apaixonei pelo livro. Achei-o cansativo em algumas partes e me vi muitas vezes conferindo quantas páginas faltavam para terminar. Por outro lado, ele foi bem aclamado por muita gente e é um sucesso entre leitores de chick-lit, então a dica é mesmo você conferir...

Ficha Técnica:
Amor de Detetive, Um
MANSON, Sarah
Editora Bertand Brasil
Ano 2004
336 páginas.

Minha Avaliação Pessoal:
Achei que a autora deu uma enrolada desnecessária até chegar as partes que nos prendem de verdade. Costumo avaliar o quado gosto de um livro pela quantidade de vezes que penso na personagem durante os momentos em que não estou lendo. Na Holly eu mal pensei... 
Dou 3 corações.
♥♥♥

 
;